skip to Main Content

Conheça os tipos de unhas de cada década

Da mesma forma como acontece com o estilo de roupas, de calçados, de penteados, de acessórios e de maquiagens, as unhas também têm tendências ao longo do tempo. Conhecer os tipos de unhas de cada década pode ser uma excelente pedida para propor novas nail arts para a clientela.

A ideia não é deixar o visual fantasioso. Muito pelo contrário. Estilos vintage e retrô podem conferir um tom mais atrevido ao conjunto do look que a cliente tem em mente. Além disso, podem ser divertidos e despertar a nostalgia.


Tipos de unhas de cada década

Nos próximos itens, vamos relembrar o que foi moda em cada década. Você conhecerá como eram as unhas em épocas passadas e como podemos repaginá-las para ficarem mais atuais. Quer ver só? Confira!

Unhas da década de 1930

unhas meia lua

Os esmaltes como conhecemos hoje só começaram a ser estrelas no visual das mulheres a partir dos anos de 1930. A primeira cor a conquistar o público foi o vermelho. Na época, ele era aplicado em formato meia lua na ponta das unhas, deixando o restante sem nada.

Adaptar essa nail art para a atualidade é bastante simples. Ela tem tudo a ver com a tendência do negative space (espaço negativo) e seus contrastes.

VEJA TAMBÉM: Como ressaltar o brilho de esmaltes

Use uma base nude e faça a meia lua vermelha como francesinha ou próxima da pele. Até mesmo nos cantos essa técnica pode ser aplicada. Basta soltar a imaginação.

Unhas das décadas de 1940 e 1950

stiletto

 

Nos anos de 1940 e 1950, o formato stiletto fazia a cabeça da mulherada. Ele voltou com tudo nos últimos anos, dando a impressão de que as mãos são mais alongadas e os dedos mais finos. Sem dúvida, a tendência do stiletto voltou para ficar.

Com relação às cores, a moda da época era a dos tons quentes. Tanto o alaranjado queimado como o vermelho estavam em alta. Essa duplinha pode continuar sendo utilizada sem medo. O vermelho pode, inclusive, ser substituído por roxo ou vinho.

Unhas das décadas de 1960 e 1970

unhas ovais

Esmaltes mais claros e metalizados reinaram nas décadas de 1960 e 1970. O formato da moda era mais ovalado, semelhante as unhas amendoadas que são a tendência atual.

Os tons claros tinham como intenção um visual mais romântico para as mãos. Já os metalizados tinham tudo a ver com as discotecas e psicodelias da época.

Unhas da década de 1980

unhas neon

Se tem algo que nos faz lembrar no mesmo momento dos anos de 1980 é a esmaltação neon. Tons chamativos como o pink, o verde limão e o azul turquesa têm tudo a ver com a ousadia da moda oitentista.

Para entrar no clima, aposte nos formatos quadrados e nos esmaltes vibrantes. A boa notícia é que as marcas têm cada vez mais cores com esse efeito para serem combinadas.

Unhas da década de 1990

unhas cada decada

Nos anos de 1990, os estilos grunge e gótico eram os favoritos dos jovens. Cores de esmalte eram mais escuras, tais como preto, marrom, vinho e azul marinho.

O acabamento é minimalista e sem nail art, somente esmaltação. No máximo você pode acrescentar detalhes prateados para fazer menção às tachinhas e spikes das jaquetas e cintos da época.

Unhas da década de 2000

unhas francesinha

Nos anos 2000, a francesinha era a mais pedida nos salões de beleza e de manicure. Até hoje, esse acabamento com a pontinha das unhas mais clara é visto como algo elegante, romântico e atemporal. Nunca sai de moda!

Para dar um ar mais moderno, você pode trocar as duplas de cores de esmalte usadas na esmaltação. Solte a criatividade e combine com pedrarias.

VEJA TAMBÉM: Dúvidas de Manicure: Como parar de trabalhar com fiado?

Pronto! Agora você já conhece os tipos de unhas de cada década. Inspire-se para os seus próximos trabalhos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.